Solidão

quarta-feira, 18 de julho de 2012




Making our way through the country
We're back on the road in the night
Come a long way from the city
We're back on the road in the night, yeah
Don't know where we're going
I don't even care
You're so far away from me
And there's nothing special here
To take away the longing
Hm, hm, hm, hm....
Passing the time we're just drinking the wine
We're just back on the road in the night, yeah, yeah
Venus and Mars we're just picking out stars
We're just back on the road in the night
Spend most of my time
Just thinking of you
You're so far away from me
And there's nothing I can do
To take away the longing

...........


[...]"A noite cai sobre a terra e os  solitários correm em busca de horizontes perdidos, as estradas se enchem de aventuras e de sonhos por sóis resplandecentes, os corações cativados sempre voltam para casa quando cai a noite, a noite sempre morre numa triste manhã, assim como também padece os sonhos  que vivem à noite e da noite tiram o proveito da razão de sua existência. O cair da noite..."

1 comentários:

Rafael Jenuino disse...

Olá!
É de se admirar a substância que coagula em tuas veias, e embora se torne um emaranhado de superstições, eu conjugo teus verbos no futuro do pretérito do indicativo, para então declarar que o teu ambiente particular é fantástico.
Estou seguindo o teu blog, e espero vê-lo no meu também.
Um abraço, Rafah!
http://eternizadoempalavras.blogspot.com/